Saúde da mulher: hábitos essenciais para garantir o bem-estar

O corpo feminino passa por diversas transformações ao longo da vida, por isso, é preciso se preocupar com a saúde da mulher — não apenas do físico, mas do mental e do emocional.

Para isso, é preciso adotar hábitos essenciais no dia a dia, desde a prática de exercícios físicos até o uso de calcinhas respiráveis e as visitas ao médico para a realização de check-ups. Confira no que mais é preciso focar para garantir o bem-estar.

Manter uma alimentação saudável

A alimentação é um dos pilares da vida saudável. Você até pode comer algo diferente de vez em quando, mas prefira um cardápio equilibrado. Coma frutas, verduras, legumes e fuja dos alimentos muito industrializados. Além disso, fique de olho na balança e nos níveis de glicemia e colesterol.

Respeitar seus limites

Todas as pessoas têm limitações e devem respeitá-las. É importante entender o quanto seu corpo aguenta, seja de exercícios físicos, de comida e até mesmo de trabalho. Respeite seu momento e saiba como dizer aos outros que chegou ao limite.

Fazer exercícios físicos

A atividade física é benéfica para o corpo e a mente. O ideal é se exercitar ao menos três vezes na semana. Você pode ir para a academia, fazer uma caminhada ou corrida, andar de bicicleta ou patins. O mais importante é optar por algo que te agrade e dê prazer de praticar para manter a rotina.

Cuidar da saúde mental

A saúde mental também merece e precisa de atenção. Além de incluir atividades que ajudem a diminuir o estresse e a ansiedade, é válido meditar, fazer alguma terapia alternativa e acompanhamento com o psicólogo. Por mais que esteja tudo ok, a terapia ajuda no autoconhecimento e melhora suas relações interpessoais.

Ter bons hábitos

Bons hábitos incluem um horário fixo para dormir e acordar, descansar ao menos oito horas por noite e deixar de lado os vícios. Evite o cigarro e o álcool, faça exercícios físicos e não use roupas muito apertadas e abafadas. Além disso, use preservativo nas relações sexuais e observe se está com todas as vacinas em dia.

Fazer os exames preventivos

Os exames preventivos e o acompanhamento com o ginecologista são indispensáveis para quem tem a vida sexual ativa. Ainda assim, não são apenas o preventivo (papanicolau) e a mamografia que fazem parte da rotina. Também podem ser solicitados exames de sangue, raio-x, ultrassom e eletrocardiograma.

Prestar atenção aos sinais do corpo

O corpo dá sinais de que algo não vai bem. Pode ser alguma alteração na pele, resfriados frequentes e até febre. Preste atenção nas alterações e observe o porquê de estarem acontecendo. Além da visita ao médico, vale observar o que causa esses sinais e tentar mudar hábitos que contribuem para sua presença.

Cuidar da higiene íntima

A higiene íntima previne desde infecções comuns até doenças mais graves. Além do uso da camisinha nas relações sexuais, é preciso ter cuidado ao escolher o tipo de calcinha usado e evitar as chamadas duchas vaginais. A higienização da vulva deve ser feita somente com água e sabão neutro, na parte externa.

Ter boas noites de sono

Dormir bem e descansar verdadeiramente também faz parte dos hábitos a serem adotados pelas mulheres. Uma adulta precisa de, no mínimo, 8h de sono, e deve tentar se deitar e levantar sempre no mesmo horário. O descanso vai ajudar a prevenir problemas de saúde que vão desde doenças psicológicas até físicas.

Essas são algumas dicas importantes para a saúde da mulher. O ideal é ter uma rotina de cuidados e, se notar qualquer alteração, procurar ajuda médica imediatamente. Assim, se cuide e não ignore os sinais dados pelo seu corpo.

Deixe um comentário