Saiba como investir em hábitos saudáveis e melhorar sua qualidade de vida!

Ter uma rotina que comporte todas as obrigações do dia a dia e cuidados com você mesmo é um desafio para muita gente. A falta de tempo é a principal desculpa, mas não é a única. Muitas vezes, falta também organização, força de vontade e informações sobre o porquê isso é tão importante.

No começo, pode parecer difícil, chato e até impraticável. Mas, depois de algum tempo, a ideia é que esses cuidados virem hábito. Quem já chegou lá garante que se exercitar com calçados confortáveis, comer alimentos naturais e meditar, por exemplo, deixa de ser obrigação e vira um prazeroso momento de autocuidado.

Não se imagina sendo uma dessas pessoas? A primeira coisa que você precisa saber é que cultivar hábitos saudáveis não é só uma coisa para quem quer emagrecer ou seguir carreira de atleta. Essa deveria ser uma prioridade geral, simplesmente porque influencia diretamente na qualidade de vida como um todo.

Além de fazer bem para o corpo e te deixar mais disposto, esses hábitos previnem doenças, te deixam menos estressado e ainda ajudam a aumentar a sua expectativa de vida.

Você também precisa estar ciente de que nunca é tarde para mudar e começar a cuidar mais do seu corpo e da sua mente. Como fazer isso? As dicas a seguir são guias, mas é importante que ele seja adaptável ao que funciona na sua rotina, pois isso é fundamental para que as mudanças se sustentem.

Priorize hábitos saudáveis

Essa é uma dica óbvia, mas importante. Talvez o momento ideal nunca chegue, por isso, pare agora mesmo de esperar por ele. Para adotar hábitos saudáveis na sua rotina você precisa torná-los prioridades. Assuma esses compromissos com você mesmo e trate-os como qualquer outra obrigação.

Tenha uma rotina

Um dos segredos daquelas pessoas que parecem conseguir fazer tudo é organização. Isso significa ter uma rotina com horários. Acordar todos os dias na mesma hora, ter hora certa para comer e para ir para a cama, por exemplo, já são hábitos saudáveis por si só.

Faça um planejamento

Fazer um planejamento semanal é outra coisa que pode ajudar bastante, especialmente no início. Inclua tudo o que você precisa começar a fazer na agenda, de preferência com horários reservados para cada atividade

Cada planejamento é personalizado e único, mas é essencial que ele tenha alguma atividade física — se não diariamente, pelo menos 3 vezes na semana — refeições balanceadas e alguma coisa que ajude a cuidar da sua saúde mental. Pode ser meditação, uma caminhada, yoga, jardinagem, o que for bom para você.

Faz parte do planejamento também pensar em maneiras para viabilizar o que pretende. Não vai ter tempo de cozinhar durante os dias de semana? Faça marmitas no final de semana, encomende congelados balanceados ou inclua na sua rota um restaurante com esse tipo de opção. Tudo para não ter desculpas.

Inclua coisas que gosta

A ideia é que os hábitos saudáveis sejam também agradáveis. Por isso, é essencial pensar no que você gosta antes de definir o que fazer. Escolha um exercício físico que tenha a ver contigo e planeje uma dieta que priorize alimentos naturais, mas com ingredientes que agradam ao seu paladar, por exemplo.

Evite as exceções

Você até se planeja, mas todo dia tem alguma coisa que te faz cancelar a ida na academia ou a refeição saudável? Isso é um sinal de que você não está priorizando o suficiente a sua rotina saudável — coisa que você deveria fazer.

A rotina não precisa ser uma prisão, mas o ideal é sair do plano o mínimo possível. Se necessário, reveja o seu planejamento. Não está dando certo de malhar depois do trabalho? Que tal tentar acordar um pouco mais cedo e começar a fazer isso de manhã?

Deixe um comentário