Marketing de Afiliados: como funciona

Estratégias que dão apoio na divulgação são muito úteis para tornar a marca mais conhecida no mercado e entre diversos públicos. O marketing de afiliados, por exemplo, é uma excelente opção para divulgar online de forma otimizada e, com o tempo, obter bons resultados.

Com acesso à informação, os consumidores se tornaram mais exigentes e pesquisam muito antes de realizar uma compra. 

Isto posto, os empreendedores precisam utilizar novas estratégias para divulgar os seus produtos e serviços, gerar interesse e assim ganhar a confiança do público. 

Mais ainda, torna-se cada vez mais necessário contar com outras fontes para essa ação, de modo que os gestores e colaboradores possam focar em outras ações estratégicas.

Isso deve ocorrer sem prejudicar a divulgação do negócio, ampliando os públicos que podem ser alcançados por meio dessas outras fontes, como é o caso do marketing de influência e, também, mais especificamente para este artigo, o marketing de afiliados.

Por isso, entender o conceito de marketing de afiliados e como pode ser implementado no seu negócio é o caminho para utilizar a estratégia com eficiência.

O que é marketing de afiliados?

O marketing de afiliados é uma estratégia de divulgação no ambiente online que consiste em ampliar os canais de comunicação para chamar a atenção dos consumidores.

Basicamente, a marca permite que outras pessoas se tornem seus representantes comerciais nas mídias, ou seja, possibilita que pessoas se afiliem a produtos específicos para divulgá-los em mídias específicas.

Com isso, pessoas comuns divulgam os produtos ou serviços nas redes sociais e em diversos meios, como sites próprios. 

Por isso, todo o processo de gestão de campanhas promovidas por esses profissionais são de responsabilidade própria. 

Com isso, a empresa não precisa arcar com planos e custos. Em troca, existe uma comissão que é estabelecida conforme o tipo de filiação.

Para que a identificação e pagamento ocorram, quando os consumidores compram via divulgação feita por um afiliado devem utilizar um link personalizado nas transações, que aponta para a empresa a origem da compra (redirecionando para o afiliado). 

Esse link contabiliza números relevantes para metrificar o sucesso das estratégias e, a partir disso, é possível estipular o quanto a pessoa irá receber pela divulgação. 

Os valores pagos aos afiliados é uma espécie de comissão pelo processo de vendas e conversão de clientes, tendo em vista o processo feito. 

Geralmente, antes da parceria ser estabelecida o modelo de cobertura e porcentagens de pagamento já podem ser considerados.

Assim, na prática, o marketing de afiliados permite que as pessoas encontrem os produtos e serviços que gostam e acreditam, ajudando as marcas a promovê-los para amigos, familiares e conhecidos, além de ganhar uma renda conforme as vendas acontecem.

Quem pode fazer parte do marketing de afiliados?

Existem três grupos que podem ajudar a compreender melhor as estratégias de marketing de afiliados e realizá-los de modo a ter ações bem-sucedidas. O grupo é dividido em afiliados, clientes e produtores/vendedores.

Afiliados

Atuam como uma espécie de vendedores comissionados. 

Têm a responsabilidade de utilizar estratégias de marketing digital para divulgar o produto ou serviço, atingindo o maior número de pessoas possível para converter vendas.

Os afiliados podem trabalhar criando conteúdos em blogs, utilizando estratégias de inbound marketing para conquistar os leads (potenciais clientes) e aumentando as chances de vendas.

Todos os canais e estratégias utilizadas são de propriedade própria, mas pode haver treinamentos e direcionamentos das empresas para auxiliar o afiliado a otimizar as ações.

Clientes

Os afiliados têm a missão de chegar até os usuários e torná-los clientes. Para isso, devem contatar ou ser encontrado no momento certo, de modo a fazer as vendas.

Esse grupo é o que de fato irá fechar a compra, passando de leads para consumidores efetivos.

Esses consumidores são impactados de modo genuíno pelas estratégias de marketing desenvolvidas pelos afiliados e podem ser fidelizados.

Produtores/Vendedores

São as marcas adaptadas ao marketing de afiliados. 

Os empreendedores que desejam fazer a divulgação de novos produtos e serviços podem fazer investimentos em plataformas de afiliados para impulsionar as vendas e o alcance frente a novos públicos.

As empresas que investem em afiliados podem ter novas oportunidades de vendas sem precisar gastar parte do capital da marca com anúncios e outros recursos de divulgação. 

Vantagens de marketing de afiliados

Os investimentos em marketing de afiliados proporcionam ganhos como:

  • Fortalecimento da marca, tornando-a mais conhecida;
  • Possibilidade de escolher os afiliados;
  • É uma estratégia de marketing de baixo custo;
  • Melhora as vendas;
  • Consegue educar a audiência com relação aos produtos e serviços;
  • Baixo risco no estilo de venda;
  • Possibilidade de criar as próprias regras.

Métodos de divulgação que podem ser feitos no marketing de afiliados

Vendedores e empresas podem definir regras que auxiliam os afiliados a realizar a divulgação, alinham expectativas e processos e que permitem que o profissional compreenda o quanto irá receber com as vendas.

Nesse sentido, os principais formatos e diretrizes, considerando as categorias de divulgação, são:

CPA (Custo por Ação)

Esta opção exige bastante interação dos usuários para ter sucesso e sua devida evolução no funil.

Isso porque, aqui não basta o clique das pessoas nos links dos afiliados. O cálculo de comissão é feito quando o cliente, além de clicar no link, realiza alguma ação na página, seja um cadastro em newsletter ou a compra de fato.

CPC (Custo por Clique)

O afiliado precisa trabalhar para desenvolver campanhas de divulgação interessantes a ponto do lead ter o interesse em clicar no link para visitar a página.

Neste formato não é necessário que a compra seja feita, ou seja, o simples clique em banners e outros formatos de publicidade que são divulgados pelos afiliados e que redirecionem o usuário para o site da marca já aponta como estratégia e objetivo concluído.

CPM (Custo por Impressão)

O CPM é baseado em valores fixos definidos pelo anunciante, sempre que os materiais de divulgação chegam a mil visualizações. 

Os anúncios e conteúdos podem ser divulgados em blogs e nas redes sociais.

CPV (Custo por Venda)

Os afiliados recebem conforme as vendas são concluídas. Todas as compras dos clientes são registradas em códigos ou links gerados pelo afiliado, possibilitando que as marcas verifiquem a origem das transações e confirmem a origem da página/link do afiliado. Ou seja, se as vendas ocorreram por uma divulgação. Assim, a comissão também pode ser realizada. 

É possível que as empresas trabalhem com diversos desses formatos, mas é preciso considerar possíveis variações de valor para cada tipo de interação.

Deste modo, investir no marketing de afiliados é uma ótima maneira de ter mais clientes, aumentar as vendas e ter o sucesso desejado para os negócios sem ampliar muito os custos com estratégias de marketing.

Deixe um comentário