Como arrumar a mala? O guia completo para sua viagem internacional

Seu sonho sempre foi ir para o exterior. Depois de algum tempo, você decidiu o destino, fez as reservas no hotel e já está planejando os passeios. Agora só falta arrumar as malas. Mas como decidir o que levar na bagagem?

Esse é um momento que pode causar uma certa ansiedade. Afinal, levar coisas em excesso, além de desnecessário, pode gerar custos extras.

Por outro lado, ninguém quer correr o risco de esquecer aqueles itens importantíssimos que não podem faltar na viagem.

Pensando nisso, preparamos um guia completo para você arrumar a sua bagagem de uma forma rápida e prática.

Quer mais? Fizemos também uma checklist com tudo que você deve levar na mala para aproveitar ao máximo a viagem.

Bagagem de mão e mala despachada

A gente sabe que o recheio da mala varia de acordo com o destino. Mas há algumas dicas gerais que podem facilitar a vida de todos.

dois tipos de bagagem que podemos levar nos voos internacionais. A mala de mão vai com você na aeronave. Já a bagagem despachada irá no bagageiro do avião.

Portanto, na bagagem de mão devem ir os itens essenciais. Aqueles que você não pode perder, como documentos e objetos de valor.

A bagagem despachada pode ser um pouco maior. É nela que ficarão os objetos mais volumosos e/ou pesados, como roupas e sapatos.

Vamos ver cada uma delas com mais detalhes:

A bagagem de mão

Antes de começar a arrumar a mala, fique atento às especificações de tamanho. A bagagem de mão deve ter, no máximo, dez quilos.

Além disso, também é importante verificar as dimensões da bagagem. As medidas variam de acordo com a companhia aérea, mas costumam ser parecidas.

Antes de comprar sua mala de mão, veja as medidas exatas permitidas no site da empresa aérea. Isso porque, caso sua bagagem ultrapasse as medidas, será obrigatório despachar a mala.

Além da bagagem de mão, o passageiro pode levar um item pessoal. Esse item pode ser uma bolsa, mochila, travesseiro ou casaco. É importante lembrar que todos esses objetos também têm suas dimensões especificadas por normas.

O que levar na bagagem de mão?

Na sua bagagem de mão vão os objetos essenciais, aqueles que você não pode perder de jeito nenhum.

Então, é lá que você vai colocar documentos. Não esqueça de verificar a documentação necessária relativa à imunização. Após a pandemia, quase todos os destinos exigem a comprovação da vacina ou um seguro viagem para o COVID.

Além disso, muitos países irão exigir também comprovante de vacinação contra algumas doenças como a febre amarela.

Também é importante levar dinheiro e cartão de crédito. Os remédios devem ir sempre na embalagem original, de preferência lacrada.

Objetos de valor como aparelhos eletrônicos e jóias, assim como itens de higiene pessoal, devem ir na bagagem de mão.

Todos os líquidos, como shampoo e condicionador, devem ser colocados em frascos transparentes de até 100 ml.

Uma boa dica é colocar uma muda de roupa na sua bagagem de mão. Assim você estará prevenido em caso de extravio da mala despachada.

Outro item permitido é um livro ou revista para se distrair durante o voo. Também é possível levar um lanche e alguns objetos pequenos, mas necessários, como band-aid ou uma garrafa vazia.

São coisas que custam mais caro no aeroporto e, levando de casa, você pode fazer uma boa economia.

O que não levar?

As empresas aéreas costumam proibir na bagagem de mão objetos que possam causar riscos aos passageiros. Logo, não é permitido transportar objetos cortantes, embalagem de vidro; isqueiros ou líquidos inflamáveis.

Fósforos, pilhas ou baterias, agulhas (mesmo aquelas de crochê e de tricô) e armas de fogo também são proibidos.

Os equipamentos esportivos, como skates, bicicletas e mesmo as bolas também devem ser despachados.

Em caso de dúvida sobre um determinado objeto, o mais indicado é consultar a sua empresa aérea.

Pessoas com mobilidade reduzida

Passageiros que precisam da ajuda de equipamentos para se locomover devem ficar atentos às regras para bagagem de mão.

A cadeira de rodas pode ser usada até que a pessoa chegue na porta do avião. Depois, ela é despachada como item prioritário, sem cobrança extra. Há regras específicas para cadeiras que funcionam com bateria.

Já as bengalas, andadores e muletas costumam ser transportados na cabine.

Em ambos os casos, é importante avisar à empresa aérea com antecedência, para garantir o melhor atendimento do passageiro.

A mala despachada

Aqui vão os objetos maiores, mais volumosos e mais pesados. E também os itens que não podem ser levados na bagagem de mão.

Como dissemos, as dimensões das malas despachadas são maiores (a medida exata varia de acordo com a empresa). A bagagem despachada, para a maior parte das empresas, pode pesar até 23 quilos.

Fique atento às cobranças. Algumas companhias aéreas cobram uma taxa pela bagagem despachada. Outras empresas já incluem este serviço no custo da passagem.

Lembre que, caso a bagagem despachada ultrapasse o peso de 23 quilos, haverá uma cobrança por excesso de bagagem.

Na mala despachada devem ir roupas, sapatos e acessórios. Também é aqui que vão os frascos com líquidos maiores que 100 ml. Não esqueça de lacrar bem, para não correr o risco de vazamentos.

Além dos objetos citados, você pode levar instrumentos musicais, equipamentos esportivos, secador e chapinha. Itens de trabalho, como ferramentas ou câmeras,também podem ser despachados.

O que não levar?

Produtos inflamáveis, como cilindros de oxigênio e combustíveis, assim como produtos tóxicos, não podem ser levados.

Também não é permitido transportar sementes, plantas e armas, a menos que a pessoa tenha autorização especial.

O transporte de bichos de estimação tem regras especiais. Se você for levar o pet, verifique toda a documentação necessária. Isso vale tanto para o transporte quanto para a entrada do animal no país de destino,

Extravio de bagagem

Você chega ao seu destino, desembarca, segue para a esteira. Mas a mala simplesmente não aparece. Isso é o que se chama bagagem extraviada e, infelizmente, pode acontecer com qualquer pessoa.

O extravio de bagagem pode ocorrer por vários motivos. Os mais comuns são erros da companhia na hora em que o passageiro faz uma conexão. Outros fatores são: furto, perda da identificação da bagagem ou erro da empresa aérea ao despachar a mala.

Para reduzir as chances de que isso ocorra, você pode tomar algumas medidas. A primeira é chegar com antecedência ao check-in. O funcionário terá mais tranquilidade ao despachar sua bagagem, logo as chances de erro são menores.

Outra boa dica é retirar todas as etiquetas de voos anteriores. Isso impede que haja algum tipo de confusão por parte da empresa.

Por último, você pode colocar uma etiqueta pessoal com seus dados: nome, e-mail, endereço e telefone. Essa medida não impede que a mala seja extraviada, mas facilita a devolução da bagagem.

Para evitar furtos, coloque sempre um cadeado em sua bagagem. Outro bom truque é personalizar sua mala. Você pode amarrar um lenço colorido ou mesmo fazer desenhos para tornar sua mala única.

Minha mala foi extraviada! E agora?

Mas, se nada adiantar e sua mala for extraviada, o melhor a fazer é respirar fundo e manter a calma.

Procure um funcionário da empresa aérea para informar o acontecido. Normalmente há alguém próximo à esteira durante o desembarque. Outra opção é ir até o guichê.

Quanto antes você informar a empresa sobre o extravio, mais rápido a situação será resolvida. Mas, de acordo com a ANAC, há um prazo de até 15 dias para comunicar o ocorrido.

Para registrar o extravio será necessário o comprovante de despacho da bagagem. Depois, será necessário preencher um formulário chamado RIB (Registro de Irregularidade de Bagagem).

O equivalente, no exterior, é PIR (Property Irregularity Report). Oficializada a comunicação sobre o extravio, a empresa tem até 21 dias para devolver sua bagagem.

Caso a mala não seja localizada após esse prazo, o passageiro terá direito a receber uma indenização. Mas há um valor máximo para isso.

Como falamos anteriormente, o ideal é que objetos de muito valor sejam acomodados em sua bagagem de mão.

Se o conteúdo da mala despachada for muito importante, é possível fazer um seguro para a bagagem.

Checklist para sua bagagem internacional

Para ter certeza que não esquecerá de nada, utilize a checklist.

Bagagem de Mão:

  • Passaporte
  • Visto de entrada (se necessário)
  • Cartão de crédito
  • Dinheiro
  • Comprovante de vacinação (de acordo com as exigências do país)
  • Endereço da hospedagem e comprovante da reserva
  • Muda de roupa
  • Escova e pasta de dentes
  • Sabonete e Shampoo
  • Celular, tablet ou notebook (sem esquecer o carregador)
  • Remédios
  • Livro ou revista
  • Fones de ouvido
  • Óculos (de grau ou de sol)

Bagagem despachada:

  • Roupas para a sua estadia
  • Sapatos
  • Meias
  • Roupa íntima
  • Secador e/ou chapinha
  • Cosméticos com embalagem maior que 100ml
  • Acessórios (echarpes, bijuterias, chapéus, bolsas, etc)
  • Objetos de trabalho ou de lazer que não podem ir na bagagem de mão (ferramentas, câmeras, equipamentos esportivos e instrumentos musicais)

Pronto para fazer as malas?

Agora é só escolher o destino e arrumar as malas. Você já pensou sobre a sua próxima viagem?

Não importa para onde você vai a seguir. O que importa é saber que você pode ir para onde quiser. Afinal, o mundo é seu!

Deixe um comentário